Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Carta aos europeus - A Terceira Guerra Mundial - final

Quarta-feira, 21.02.24

Caros europeus,

Nesta carta vou mostrar como começou a Segunda Guerra Mundial (1939 a 1945), para além disso proponho que façam o seguinte exercício: onde está Hitler leiam Putin e verifiquem por vós as semelhanças e como estamos a caminhar para a Terceira Guerra Mundial. Dois princípios já aconteceram: Putin anexou a Crimeia e diz que nunca atacará os países da NATO, também Hitler garantiu a Chamberlain que não atacaria mais nenhum país depois de em 1938 ter anexado a Áustria. Depois da Áustria Hitler invadiu a Polónia, quando garantiu que queria a paz. Já Putin depois da Crimeia invadiu a Ucrânia, que tinha garantido que nunca atacaria. Mas vamos aos factos:

(final)

Não há nada mais fantasmagórico do que vermos voltar a aproximar-se repentinamente de nós, sob a mesma forma ( Zweig já tinha vivivo a Primeira Guerra Mundial 1914 a 1918) e sob a mesma aparência, aquilo que na vida pensávamos estar morto e enterrado há muito.( se compararmos com o que estamos a viver: ressuscitar do nazismo e da extrema direita, os perigos por que a democracia está a passar, a xenofobia, um ditador que pensa mandar no mundo ocidental,Putin, tudo isto é perigosamente parecido com o que antecedeu a Segunda Guerra Mundial). O verão de 1939 chegou, já Hitler tinha atacado e anexado a Checoslováquia, e a imprensa alemã, empurrada artificialmente para um entusiasmo louco, exigia Danzig e o corredor polaco.[...] ninguém sabia ao certo o que estava a acontecer, mas todos se lembravam de uma coisa, de uma evidência inegável: que Chamberlain, o primeiro-ministro de Inglaterra, tomara três vezes o avião com destino à Alemanha, no intuito de salvar a apaz, e nem a mais cordial boa vontade tinha chegado para satisfazer Hitler. De repente ouviram-se vozes duras no parlamento inglês:«stop aggression!»

No dia 1 de setembro de 1939 veio a notícia: «os alemães invadiram a Polónia. É a guerra!»

O sol brilhava em toda a sua força e plenitude. Ao regressar a casa, reparei de repente na minha própria sombra que me precedia, tal como via a sombra da guerra passada( 1914/1918 por trás da guerra presente. (é a mesma sombra que vemos agora, a sombra da guerra de 1939/1945 a assolar-nos com a sombra da possível Terceira Guerra mundial). Durante todo este tempo, ela nunca mais saiu de meu lado, aquela sombra pairando dia e noite, sobre cada um dos meus pensamentos.

( Stefan Zweig escritor austríaco de origem judaica e a mulher, com a eclosão da Segunda Guerra Mundial e o avanço das tropas de Hitler pela França  em toda a Europa Ocidental, refugiaram-se nos EUA em Nova Iorque em 1940. Em 22 de agosto do mesmo ano, fez sua primeira viagem para o Brasil, país onde se viria a radicar, mais precisamente em Petrópolis.Deprimido e sem esperança no futuro da humanidade, viria a suicidar-se com a esposa Lotte, com uma dose de barbitúricos, em 22 de fevereiro de 1942).

Créditos  - Créditos - Stefan Zweig - O Mundo de Ontem

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Folhasdeluar às 07:49


2 comentários

De cheia a 21.02.2024 às 08:18

Infelizmente, os comunistas continuam a apoiar o Putin, a sua cegueira não os deixa ver os crimes, que tem cometido ao longo dos anos.

Um abraço.

De Folhasdeluar a 21.02.2024 às 11:59

É da mesma forma que muitos ex comunistas estão a apoiar o Chega...abraço

Comentar post





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Fevereiro 2024

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
2526272829